Connect with us

Dicas da Rico

10 dicas infalíveis para um churrasco perfeito

Confira os passos para fazer um churrasco com sabor inigualável e arranque elogios de todos os seus convidados.

Published

on

PUBLICIDADE

Tem coisa que combine mais com uma reunião de amigos no fim de semana do que o churrasco? Sinceramente, não! A verdade é que o brasileiro já nasce apaixonado por carne, e o churrasco é o prato típico que mais representa o nosso país.

Seja no fogo de chão, no espeto ou na parrilla, há inúmeras maneiras de preparar o seu assado e deixá-lo com um sabor inigualável para arrancar elogios de todos os seus convidados.

Nesse post, reunimos 10 melhores dicas para fazer um churrasco perfeito. Seguindo esses métodos você nunca mais irá errar o ponto da carne. Leia todo o artigo para se inteirar sobre o assunto.

1 – Tenha uma boa churrasqueira

A opção de ajustar a altura da grelha em relação à brasa, por exemplo, possibilita o controle da temperatura sobre a carne. Uma boa churrasqueira é fundamental para selar a peça, acertar o ponto, ou até mesmo assar carnes que demoram mais e exigem um cozimento lento, como a costela e o cupim.

2 – Planeje o seu churrasco

Planejar com antecedência o seu trabalho na brasa deve ser sempre a primeira coisa a se fazer, e isso inclui ter em mãos o número de pessoas que irão participar, anotar receitas que podem servir de auxílio e mesmo marcar o melhor dia para a sua confraternização. Fazer isso vai deixar bem mais fácil o seu trabalho e te dar uma boa ideia de porções para servir na hora do seu melhor churrasco.

3 – Faça fumaça

Inegavelmente, um churrasco bom, tem que ter fumaça, pois é ela que vai realmente trazer o sabor tão característico desse preparo. A fumaça é mais um ingrediente do churrasco. Dessa maneira, você pode adicionar ainda mais sabor ao seu preparo se utilizar a mesma para defumar levemente seus ingredientes. Por exemplo, você pode usar raspas de madeira de árvores frutíferas para abusar do sabor que a fumaça vai trazer pro seu churrasco. Elas tem menos impurezas e um sabor suave.

PUBLICIDADE

4 – Utilize outros temperos além do sal

O sal grosso é o principal tempero utilizado nos churrascos brasileiros – e você provavelmente sabe disso muito bem. Entretanto, é possível ousar um pouco mais e explorar outros temperos que podem dar muito certo nas suas carnes. Nas peças de fraldinha, por exemplo, o sal pode ser combinado com o tomilho, com azeite de oliva ou até mesmo com a manteiga para deixá-la mais saborosa. É importante sempre se lembrar de colocar o sal primeiro na carne, esperar um tempo para que ele seja absorvido, para depois acrescentar os outros ingredientes.

5 – Técnica para o fogo

O segredo de uma boa brasa é certificar-se de que está vermelha e incandescente, com aquela fina camada branca em sua superfície. Então, acenda o fogo 1h antes de começar a assar as carnes. Aproveite as cinzas do churrasco anterior e coloque por cima delas o carvão novo. Elas acalmam a brasa e formam uma espécie de película que não deixa a gordura da carne penetrar com intensidade no carvão, pois a gordura que pinga provoca labaredas e fumaça, podendo queimar os cortes.

6 – Escolha uma carne de qualidade

Algumas raças são mais propensas a produzir carne mais macia, perfeita para churrasco. A raça Angus é a mais aclamada por chefs e assadores do mundo todo, devido seu sabor peculiar, graças ao marmoreio – que é a gordura entremeada nas fibras musculares. Quando em contato com a brasa a gordura derrete, conferindo muita suculência e maciez à carne.

7 – Acompanhamentos

É verdade que as carnes são as grandes estrelas dos churrascos. Contudo, bons acompanhamentos são fundamentais garantir o sucesso do evento. Pão de alho, salada, maionese, arroz, batatas e farofa são acompanhamentos que sempre vão bem. Mas, é claro, não são as únicas opções. Que tal, por exemplo, grelhar algumas frutas e vegetais e surpreender seus amigos? Cebola, berinjela, pimentão e abobrinha funcionam muito bem na grelha, assim como abacaxi, manga e carambola. Arrisque-se e se surpreenda com o resultado!

PUBLICIDADE

8 – Sele a parte externa da carne

Preocupe-se também com o ponto externo da carne. Essa camada deve estar uniformemente dourada (processo chamado Maillard) para conferir mais sabor ao churrasco. A caramelização pode começar com a selagem das peças — aproximá-las da brasa por um período de 5 a 15 minutos de cada lado evita que o interior da carne resseque durante o preparo do seu churrasco perfeito.

9 – Saiba quando virar o espeto

Depois que a parte de baixo estiver dourada, você já pode virar a gordura novamente para o fogo. A ideia é impedir que o calor penetre na carne e que ela asse lentamente. De maneira alguma fure a carne nesse momento, isso fará com que os sucos da carne se percam. Se você estiver fazendo o churrasco na grelha, use um pegador e evite o garfo para não furar a carne.

10 – Deixe a carne descansar

Após a carne estar pronta e sair da grelha, deve-se colocar a carne a descansar um pouco. Esta opção é importante para permitir que os sucos assentem bem na carne. Assim, ficará com uma carne com o sabor certo e mais suculenta. Se cortar logo a carne, perdem-se os sucos e perde-se parte do sabor e da sua suculência.

Veja também:

Top 5 melhores vinhos tintos brasileiros

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

MAIS POPULARES

Veja como estudar enfermagem gratuitamente
Veja como estudar enfermagem gratuitamente
Descubra quais são os carros mais econômicos do Brasil