conecte-se conosco

Dicas da Rico

O que é peeling e para que serve?

Conheça melhor este tratamento revolucionário que tem atraído cada vez mais adeptos no Brasil.

Publicados

em

PUBLICIDADE

A busca por procedimentos estéticos tem crescido exponencialmente no Brasil. Segundo dados da Associação de Salões de Beleza, o setor cresceu 505% nos últimos cinco anos. Entre os procedimentos mais procurados, o peeling se destaca entre os amantes da skincare.

Basicamente, o peeling facial estimula a renovação das células da pele, através de uma descamação controlada com o uso de substâncias químicas e/ou métodos físicos, como a dermoabrasão, ou seja, ele “remove” a pele antiga, para que uma nova surja.

Dessa forma, o peeling pode ser usado para clarear manchas e cicatrizes de acne, além de atuar profundamente no tratamento de rugas e linhas de expressão. Confira todas as informações sobre o peeling facial a seguir!

PUBLICIDADE

O que é Peeling?

O termo peeling é oriundo do termo inglês “to peel”, que significa descamar ou descascar. Dessa forma, o peeling é um tratamento seguro e eficaz, cuja missão é renovar as células da pele através da descamação, além de ser um dos procedimentos estéticos mais populares no Brasil.

Além disso, o peeling é um tratamento não invasivo, bastante eficaz para rugas, manchas, marcas de expressão, cicatrizes e até mesmo para controle de oleosidade.  Por outro lado, o peeling pode reverter alguns quadros, como perda da elasticidade da pele e envelhecimento precoce.

PUBLICIDADE

Quais são os tipos?

Conforme a Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), o peeling pode ser feito de duas formas: o peeling químico ou físico. No peeling físico, o procedimento ocorre através de agentes que induzem a descamação mecânica, desde pequenos equipamentos e cremes abrasivos, até aparelhos que fazem microabrasão na pele.

Neste sentido, podemos encontrar alguns tipos de peeling, como o peeling de diamante ou de cristal, que podem ser realizados em uma única aplicação.

O peeling químico é realizado com a aplicação de agentes químicos, como os ácidos Salicílico, Retinoico, Glicólico, entre outros, que removem a camada superficial da pele. Dessa forma, o procedimento visa atenuar rugas, manchas, além de auxiliar no tratamento de cicatrizes de acne.

Quais são os benefícios do tratamento?

Geralmente, os tipos de peeling podem agir de maneira distinta na pele. Dessa forma, é essencial que você busque um dermatologista para descobrir qual o tipo mais apropriado para você. Isso porque os procedimentos podem agir de maneira superficial, média ou profunda.

O peeling superficial atinge somente a epiderme. Geralmente, ele é usado para tratar manchas e melasmas. Além disso, ele também combate craves e espinhas. Por outro lado, o peeling médio é indicado para amenizar rugas e marcas mais profundas, recomendado para peles maduras. Eventualmente, ele é usado para corrigir sinais de acne.

O peeling profundo é feito em clínicas médicas. Ele conta com a aplicação de anestesia, para garantir que a química usada não afete o paciente. Isso porque algumas substâncias podem penetrar na corrente sanguínea, logo, o uso de anestesia é fundamental, sem contar que inibe a dor no paciente.

Sendo assim, vale ressaltar que o peeling diário – que atua na camada superficial – é extremamente eficaz para nossa pele. Isso porque ele reduz manchas, rugas, sinais e lesões, melhorando a aparência da pele a curto prazo.

Quais cuidados devemos ter ao fazer peeling?

Quando decidimos fazer peeling, alguns cuidados prévios são essenciais, afinal, eles interferem diretamente nos resultados do procedimento.

Neste sentido, quando aplicamos agentes químicos, por exemplo, a pele deve estar limpa e desengordurada. Hoje, existem diversos produtos no mercado para limpar e demaquilar a pele antes do peeling.

Além disso, durante o tratamento, é essencial o uso de protetor solar. Isso porque o peeling afina a pele, então, ela fica mais exposta aos raios solares. Inclusive, no pós-peeling, é recomendado o uso de protetores solares para peles sensíveis.

Outra recomendação após a prática de peeling é sempre usar sabonetes neutros nos primeiros dias depois da aplicação. Além disso, o hidratante facial é fundamental para manter a sua pele hidratada e sem lesões.

Faça sua avaliação gratuita

Na clínica de estética Hamonir, você tem acesso ao melhor da Harmonização, Estética e Depilação por preços acessíveis e que cabem no seu bolso! Clique aqui, para fazer uma avaliação totalmente de graça.

Confira alguns mitos sobre o peeling!

Embora seja um tratamento comum no Brasil, o peeling ainda é rodeado por mistérios. Dessa forma, confira alguns mitos e verdades sobre o procedimento!

Peeling químico serve somente para o rosto?

Mito! Na verdade, o peeling pode tratar qualquer área do corpo que tenha manchas ou sinais de envelhecimento. Porém, ele é costumeiramente feito no rosto, por oferecer rejuvenescimento facial.

Devemos fazer peeling somente no inverno?

Essa é uma dúvida muito comum sobre o tema. Em suma, o inverno é a melhor época para fazer peeling, pois a exposição solar é menor. Isso porque após a aplicação do peeling químico, não devemos nos expor ao sol.

Neste sentido, embora necessite de maiores cuidados, nada impede que você fale peeling no verão — ou qualquer outra época do ano. Na prática, basta seguir todos os cuidados após a aplicação que o resultado seguirá sendo fantástico!

Leia mais: 8 melhores aplicativos de futebol para acompanhar seu time do coração

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

MAIS POPULARES

Veja como estudar enfermagem gratuitamente
Veja como estudar enfermagem gratuitamente
Descubra quais são os carros mais econômicos do Brasil
pt_BRPortuguese